Incorporar as redes sociais à sua estratégia de Marketing Digital, é uma medida não só inteligente, como também, necessária. Isso porque, o seu público-alvo estará em pelo menos uma delas, senão em todas. Sendo assim, você tem maiores chances de atingi-lo e fideliza-lo.

E o impacto nas redes sociais é monstruoso, segundo o We Are Social, em 2016, cerca de 2,3 milhões de usuários marcavam presença nesses canais, hoje provavelmente esse número é muito maior.

Contudo, para alcançar cada uma dessas pessoas a palavra-chave é engajamento. É preciso interagir com o seu público-alvo e estimulá-lo a se envolver com o seu conteúdo. Desta forma, apenas fazer postagens e esperar que alguém comente, por exemplo, não é uma alternativa eficaz.

Além disso, as pessoas vivem na chamada era FOMO (fear of missing out), que é o medo de deixar passar algo interessante. 

TOP redes sociais mais acessadas

De acordo com o portal de estatísticas Statista, essas são as redes sociais mais acessadas. Confira:  

1 – Facebook: 2,2 bilhões de usuários ativos

2 – Youtube: 1,5 bilhões de usuários ativos

3 – Whatsapp: 1,5 bilhões de usuários ativos

4 – Messenger: 1,3 bilhões de usuários ativos

5 – Instagram: 1 bilhão de usuários ativos

6 – Twitter: 330 milhões de usuários ativos

7 – Skype: 300 milhões de usuários ativos

8 – LinkedIn: 260 milhões de usuários ativos

9 – Pinterest: 200 milhões de usuários ativos

10 - Google +: 100 milhões de usuários ativos  

Dicas

  • Tenha um cronograma bem estruturado, levando em conta o tempo para execução dos conteúdos e melhor dia para postar
  • Faça um planejamento estratégico, com o objetivo da sua campanha, público que deseja atingir e o que irá oferecer
  • Busque inspirações com os concorrentes e coisas do dia a dia, como Trend Topics e até mesmo memes.

Melhores horários e dias da semana

Facebook

As pessoas acessam o Facebook a todo o tempo e em todo lugar. Não é à toa que a plataforma é a mais acessada do mundo. Por isso, horários como 8 da manhã, da quarta-feira, gera muito mais engajamento. Para compartilhamentos, o melhor horário é às 13h e para mais cliques, às 15h.

Instagram

O Instagram é uma rede social quase 100% acessada via mobile. Isso significa que, sempre que possível, os usuários a acessam e de qualquer lugar. Todos os horários são válidos, exceto das 15h às 16h, de segunda à quinta. Já que o algoritmo do Instagram, exibe aos usuários com base no relacionamento, data de publicação e o seu grau de interesse.

Uma dica é postar em horários com menor concorrência, como o período entre 6h da manhã e meio-dia.    

Twitter

Os Tweets possuem vida curta, por isso, sempre que tiver oportunidade, poste na plataforma. Contudo, cada horário traz resultados diferentes.

Geralmente as pessoas acessam a plataforma em intervalos e tempo livre. Desta forma, os melhores horários é entre meio dia e três da tarde, de segunda à sexta-feira, como também, entre 17h e 18h, às quartas-feiras, o que gera mais engajamento.

Para quem posta entre 12h e 18h da tarde, geram taxas de cliques mais altas, pois as pessoas estão buscando mais coisas para ler nesses horários. Já às 17h é o horário que gera o maior número de retweets, pois as pessoas podem interagir mais.

LinkedIn

A maioria dos usuários acessam a rede social uma vez por semana, pelo menos. Em geral, 50% dos usuários acessam pelo mobile. Desta forma, os melhores dias são os úteis (de segunda à sexta), entre 10h e 11h da manhã. O maior pico é às quartas-feiras, às 9h da manhã.

Os usuários evitam acessar a plataforma após o expediente (18h) e aos finais de semana.

Pinterest

A plataforma é utilizada para quem busca soluções criativas de diversas categorias. Portanto, segundo o Search Engine Journal, as pessoas acessam o Pinterest quando tem tempo livre, preferindo horários como às 21h (todos os dias), ou às 13h da sexta-feira e aos finais de semana.  

Considerações finais

Mesmo que as estratégias sejam semelhantes e as ferramentas sejam integradas, cada rede social tem uma peculiaridade diferente. Desta forma, é preciso atuar em cada uma delas de acordo com o perfil dos usuários, nível de alcance e tipo de conteúdo. 

Por exemplo, trabalhar com conteúdos com temas corporativos e extensos, provavelmente não darão certo no Instagram, mas com certeza terão mais engajamento no LinkedIn. E não saber identificar isso, pode fazer sua estratégia ir por água abaixo. 

Com base nisso, ter um planejamento bem estruturado e focado para cada rede social é a melhor alternativa. Assim, é possível direcionar o conteúdo para o público correto, bem como, avaliar os resultados e prever novas ações. 

E você? Já faz alguma estratégias nas redes sociais? Conte para a gente!