Sites de busca se tornaram grandes plataformas para procurar por basicamente qualquer coisa na internet, o que inclui produtos e serviços. Assim, esses locais passaram, cada vez mais, a fazer parte da jornada de compra do consumidor. As empresas, portanto, perceberam que os sites do tipo se tornaram pontos estratégicos para anúncios, levando ao surgimento dos links patrocinados.

O Google AdWords é a plataforma de anúncios do Google que permite que sejam publicados anúncios textuais acima dos resultados orgânicos para determinadas buscas, obtendo ótima visibilidade. Confira alguns meios para otimizar campanhas do tipo:

Objetivos

Objetivos de marketing e de comunicação devem nortear qualquer ação de campanha, incluindo links patrocinados. A escolha de palavras-chave e a criação dos textos fica mais fácil e persuasiva quando esses objetivos estão bem estabelecidos, como por exemplo: vender mais um determinado produto, obter mais acessos no site, tornar a marca mais conhecida, entre outros.

Acompanhando o mercado

O Google Trends e Google Adwords Keyword Tool são algumas das ferramentas que permitem que o anunciante acompanhe quais buscas estão sendo mais realizadas pelo público. Por meio das palavras-chave digitadas, é possível perceber quais são suas principais necessidades e desejos, auxiliando na criação de uma campanha mais assertiva.

Escolha de palavras-chave

É preciso que o seu anúncio apareça nas páginas de buscas referentes às palavras-chave mais relevantes ao seu público-alvo. Por isso, seja específico. Opte por expressões como “blusa vermelha de manga comprida da marca X” e não apenas “blusa”. Sendo específico e relevante, você evita cliques que não trarão conversões, reduzindo o desperdício de verba.

Monitore a concorrência

Procure analisar os anúncios dos concorrentes nas palavras-chave de seu ramo de atuação. Identifique quais são os argumentos que eles têm explorado e procure criar anúncios com diferenciais. Se você possui preços mais baixos ou uma qualidade superior, comunique esse tipo de argumento.

Landing pages

As landing pages são as páginas de destino às quais são conduzidos os usuários que clicam no anúncio. Não é interessante conduzir o usuário para a home, pois nela há muitas informações. Crie landing pages específicas para as palavras-chave, de modo que o consumidor, cada vez mais apressado, acesse o conteúdo que deseja a poucos cliques e não abandone o site no meio do processo.

Acompanhamento frequente

O marketing digital permite uma fácil mensuração das métricas envolvidas em cada campanha. Por isso, verifique o que acontece depois que o usuário clica no anúncio, para saber quais palavras-chave, anúncios e campanhas estão sendo mais bem-sucedidos. Faça esse tipo de verificação uma vez por semana, de modo que você possa ir ajustando aquilo que for preciso aos poucos, para obter melhores resultados.

Palavras-chave negativas

Se você só trabalha com blusas vermelhas, obviamente não desejará obter cliques de quem procura por blusas amarelas, pois será um custo gerado por alguém que não fará negócio com você. Dessa forma, a palavra “amarelas” é uma palavra-chave negativa, ou seja, ao informar ao Google AdWords que esse termo não é interessante para você, o seu anúncio não será mais exibido para a referida palavra. Assim, você só atrairá leads qualificados, evitando gastos com cliques desnecessários.

Analisando as dicas acima, mantendo sempre em mente os seus objetivos, a sua verba, a sua área de atuação e o seu público-alvo, suas campanhas do Google AdWords trarão resultados muito melhores.