O ano já começou e o comércio está a todo vapor. É claro que isso inclui também as lojas virtuais (e-commerce), cada vez mais comuns no Brasil e no mundo. O primeiro passo para alavancar as vendas nesse meio é avaliar aquilo que deu certo no ano passado e aqueles pontos que podem ser melhorados. Esse balanço já é meio caminho andado. Agora, confira mais algumas dicas para quem deseja fazer seu e-commerce ter sucesso em 2018:

Formatos diferentes de divulgação

O primeiro passo para convencer um usuário do site de que ele precisa daquilo que está sendo oferecido é mantê-lo informado de todos os atributos e vantagens que o produto oferece. Para que isso seja possível, é necessário fornecer informações de modo claro e objetivo. Além dos textos, é importante divulgar imagens dos produtos, inclusive com possibilidade de zoom, para que o usuário consiga observar todos os seus detalhes. Vídeos explicando as possibilidades de uso do produto, com demonstrações de seu funcionamento, também são excelentes formas de atrair e reter a atenção das pessoas.

Pagamentos diversificados

Para que nenhuma parcela significativa de clientes em potencial seja “descartada”, é importante que as lojas virtuais ofereçam diversas formas de pagamento, como boletos e cartões de credito ou débito (de diferentes bancos ou bandeiras). Deixe claro ao consumidor que seu site é seguro para garantir que os clientes finalizem suas compras. Além disso, é fundamental contar com uma plataforma eficaz que garanta o bom funcionamento de todas as funcionalidades da loja virtual.

Informações adicionais com clareza

Ainda falando nos aspectos de segurança, é sabido que o comércio eletrônico ainda é visto com certa desconfiança por uma parcela mais conservadora da população. Por isso, é muito importante que as informações mais burocráticas, como política de trocas, direito do consumidor ao arrependimento, frete e meios de pagamento estejam claras para garantir mais confiança ao consumidor. Certifique-se de que o processo de compra seja intuitivo e rápido, com meios de recuperar carrinhos abandonados.

Pós-vendas

Não se esqueça dos meios de fidelizar os clientes após a conclusão da compra. Isso é possível por meio de um bom pós-vendas, seja um telefonema ou um e-mail marketing, por exemplo. Dessa forma, é possível saber se o cliente ficou satisfeito, além de fazer sugestões personalizadas de novos produtos, com base naquilo que o cliente já comprou ou manifestou interesse.

Otimização SEO

As lojas virtuais também podem (e devem!) apostar nas estratégias de SEO, que otimizam a estrutura, os textos e as imagens do site para que obtenham um ranqueamento mais vantajoso nos sites de busca. Por meio do SEO, é possível atingir posições orgânicas de maior destaque nas buscas realizadas com palavras-chave relevantes à área de atuação da loja. É um excelente meio de se destacar perante a concorrência e atrair um público interessado no setor.

Marketing 360º

O marketing digital oferece infinitas possibilidades para que uma loja virtual consiga estar acessível e construir relacionamentos duradouros com seus clientes. Isso pode ser feito por meio de anúncios patrocinados nos sites de busca (ou rede de display), alimentação de blogs, newsletters, e-mail marketing e divulgação via redes sociais. É preciso analisar quais desses meios são mais vantajosos, levando em consideração o setor em que a loja se encontra e o comportamento de seu público-alvo. É interessante interagir com as pessoas e incentivá-las a alguma ação, seja um comentário, ou até mesmo uma foto usando o produto.