O Google AdWords é a plataforma de anúncios do Google. Como esse site de buscas é utilizado praticamente em todo o mundo e é difícil encontrar alguém que não o conheça, é claro que utilizá-lo como estratégia de comunicação corporativa é extremamente vantajoso.

Para anunciar no Google AdWords, é preciso integrar todas as ações, como otimização de sites, levantamento de palavras-chave e divulgação de negócios. Tudo isso deve ser feito tomando como base o comportamento do público-alvo. Assim, fica mais fácil levar esse consumidor à conversão na hora certa, com a mensagem apropriada.

Confira algumas dicas para que o Google AdWords possa ser um auxílio nas vendas:

Diversidade

Anunciar algo na internet é algo que pode ser feito de diversas formas e em diferentes plataformas. Os anúncios nas próprias páginas de buscas, por meio de links patrocinados, são extremamente úteis, pois abordam o consumidor num momento oportuno. Situação semelhante ocorre com as estratégias de SEO, mas estas tentam “levantar” o site em ranqueamento orgânico, o que leva mais tempo. Além disso, é importante lembrar que é possível anunciar na rede de displays do Google (sites parceiros), integrando-se com outros meios, como o Facebook Ads, Google Shopping e o bom e velho e-mail marketing.

Acompanhamento por toda a jornada de compra

Anunciar no Google AdWords exige que a comunicação atinja os consumidores em diferentes etapas do funil de vendas. Para quem está começando a jornada, vale a pena apostar em conteúdos que informem o usuário sobre as utilidades do produto, de modo que seja possível estabelecer um contato e obter alguns dados iniciais desse lead.

Para quem já conhece a empresa, os anúncios devem focar em ofertas especiais, de acordo com os interesses prévios do cliente (remarketing para fidelização). Com esse público, é mais interessante anunciar em palavras-chave mais específicas do que as trabalhadas com quem está no topo do funil.

Palavras-chave

Por falar em palavras-chave, elas são a principal parte do trabalho, pois representam o quanto uma empresa conhece seu público. Por isso, é fundamental realizar levantamentos sobre as palavras mais pesquisadas na respectiva área de atuação, o que pode ser feito por meio do próprio Google. Pesquise para impactar as pessoas que mais representam possibilidades de vendas.

Nesse ponto, também é importante verificar em quais locais os concorrentes estão anunciando e que tipo de anúncio estão elaborando. As empresas devem se diferenciar da concorrência com descrições originais e criativas.

Segmentação profunda

O Google permite segmentar o público-alvo das campanhas por uma série de aspectos demográficos. No entanto, é importante ir além deles e investir em outras estratégias, como a negativação das palavras desinteressantes para que não seja necessário pagar por um clique de quem não está interessado naquele produto ou serviço.

Acompanhamento financeiro

É sempre importante lembrar que o Google é uma mídia e, como qualquer outra, requer um planejamento financeiro sólido. É importante analisar o ROI (retorno sobre investimento) e verificar, de tempos em tempos, se o montante investido está se convertendo em vendas e produzindo lucro ou se está causando prejuízo. Analise que tipo de investimento produz os melhores resultados e, quando necessário, faça ajustes nas campanhas para não perder dinheiro.

Anunciar no Google AdWords não é um bicho de sete cabeças, mas é uma tarefa que requer pesquisa, segmentação, conhecimento de mercado, acompanhamento de investimentos e uma dose de originalidade. Com as dicas acima, fica mais fácil aumentar as conversões por meio dessa ferramenta.