Algo que afeta muitas empresas nas campanhas de marketing digital é o spam. O receio de investir em uma estratégia e elaborar um planejamento detalhista que acabará indo para o lixo eletrônico do público-alvo, faz com que muitos profissionais pensem em abandonar essa tática e adotar outras mais simples.

Afinal, há quem pense que o e-mail marketing está no fim, por isso, é uma estratégia que não faz mais sentido, sendo sinônimo de spam. Contudo, o e-mail ainda é o canal de comunicação mais utilizado no mundo corporativo e muitos profissionais consomem conteúdo rico por ele. Já pensou que sua ação pode facilitar a vida de muita gente que está sem tempo para ficar navegando na internet? Pense no seu e-mail marketing como uma forma de levar informação relevante de forma simples e prática para quem tem a rotina atribulada.

Mas como fazer para que sua mensagem não caia no spam?

Agora que você já que desistir do e-mail marketing não é uma opção, confira de quais são as formas de você se manter longe do lixo eletrônico:

Evite palavras próprias do spam

Algumas palavras são como gatilhos para caracterizar spam. Evite usar palavras como: gratuito, presente, renda extra ou de cunho pejorativo e impróprio.

Capriche no assunto

Complementando o tópico anterior, o assunto do seu e-mail exige mais dedicação do que o corpo da mensagem. Capriche na sua chamada, afinal ela será a primeira visão que seu público terá. E lembre-se: o título deve ser sucinto e objetivo, com 6 a 10 palavras.

Preencha o Alt texto

O Alt texto é o título que você coloca na imagem quando vai carregá-la. Ela também faz parte da estratégia. O motivo de colocar um título coerente nela é simples: caso sua imagem não carregue, devido ao bloqueio da caixa de spam, seu cliente poderá ler do que se trata a imagem. Portanto, veja como uma oportunidade de salvar o seu e-mail, antes dele ser deletado.

Cuide do HTML e IP

Os filtros de spam podem ser bem criteriosos com IPs que já enviaram uma grande quantidade de e-mails ou que já realizaram trabalho de spam. Além disso, se o código do HTML for sujo, mal estruturado  e com excesso de tags, também tem chances de não ir para a caixa de entrada. Contrate profissionais ou empresas qualificadas para elaborar seus e-mails e faça um trabalho limpo e confiável.

E-mails com imagem e texto

A barreira de spam dos e-mails tem dificuldade de ler imagens. Por isso, se seu e-mail tiver só imagens, ele facilmente irá bloqueá-lo por entende-lo como algo enganoso. Equilibre seus e-mails entre texto e imagem, para ter melhor efetividade.

Além disso, a frequência que você envia esses e-mails também pode colaborar muito para caracterizar spam. Tenha um cronograma que seja agradável para o público e se coloque no lugar dele. Já imaginou que ele recebe muitos outros e-mails além do seu? Não sature a caixa dele só com o seu conteúdo.

Com essas dicas, o e-mail marketing pode fazer parte da sua estratégia e trazer muitos resultados. Aproveite!