O anúncio da chegada de uma versão voltada para as empresas do mais popular aplicativo de mensagens de texto no país foi recebido com muita expectativa. Aos poucos, as novidades sobre o WhatsApp Business vão sendo divulgadas.

O aplicativo, a princípio restrito aos usuários de Android, chegou ao Brasil no final de janeiro. Segundo o Mobile Ecosystem Forum (MEF), o Brasil é o segundo país que mais utiliza o WhatsApp, perdendo apenas para a África do Sul.

O WhatsApp Business

O WhatsApp já havia percebido que era comum entre os pequenos e médios empresários o uso do aplicativo para fins comerciais. Por isso, a proposta do WhatsApp Business é a criação de um canal mais estruturado para o relacionamento entre marcas e clientes. O aplicativo é gratuito e tende a oferecer mais profissionalismo às relações nos pequenos e médios negócios.

O foco dos recursos desse aplicativo é oferecer experiências positivas aos clientes - antes, durante e depois das vendas -, ajudando a fidelizar os clientes às marcas. Confira algumas novidades sobre o aplicativo:

Linhas específicas

O aplicativo oferece a possibilidade de separar a linha de contatos pessoais e a linha de uso profissional. A linha de uso comercial permite a criação de um perfil corporativo em que é possível incluir diferentes dados, como nome e descrição da empresa, logotipo, e-mail e website. Isso permite que as pessoas identifiquem de forma mais fácil que se trata de um perfil corporativo, com mais credibilidade. Empresas físicas também poderão incluir mapas de localização, dias e horários de atendimento.

Organização

Os empresários poderão instalar, num mesmo aparelho, o WhatsApp comum e o WhatsApp Business, instalando os dois modelos – gratuitos. Mantendo esses dados separados e seguros, não há o risco de misturá-los e confundir a vida pessoal com a profissional. Assim, evita-se que mensagens sejam enviadas em lugares errados, o que causaria muita confusão.

Robôs auxiliares

No dinamismo dos dias de hoje, o WhatsApp Business com certeza receberá mensagens de clientes de diferentes lugares e em vários momentos, inclusive fora do horário comercial. Nesses casos, não haverá alguém da empresa para responder às mensagens, mas a inteligência artificial permitirá que o cliente não seja ignorado. Os cada vez mais populares chatbots permitirão que as empresas disparem mensagens personalizadas, como saudações, por exemplo, para prestar um atendimento de qualidade.

Tags

Um grande auxílio para os empresários que utilizarem o aplicativo serão as tags – um tipo de “etiqueta” para categorizar os clientes e conversas. Alguns exemplos possíveis são “cliente novo”, “pago”, “solicitação concluída”, entre outros.

Além disso, as tags poderão ser utilizadas para criar promoções mais segmentadas para clientes específicos, com base em seus interesses e preferências prévios.