Pierre Far analista de tendencias do Google anunciou ontem no WebMaster Central Blog, uma nova forma de orientar ao Google os sites que possuem localidades diferentes, no caso de países e regiões.

Muitos sites oferecem aos usuários de todo o mundo conteúdo traduzido ou segmentado a usuários em uma determinada região. O Google usa os atributos rel="alternate" hreflang="x" para veicular o idioma correto ou o URL regional nos resultados de pesquisa. Hoje vamos apresentar como você vai corrigir e implementar corretamente em seu site.

Para ficar mais claro, imagine que um determinado usuário na França pesquisar por "Coca-Cola", se o site da Coca-Cola tiver um endereço www.coca-cola.com e um endereço www.coca-cola.com/fr com a tag corretamente implementada, o Google irá conseguir levar ao usuário francêsa página com o idioma local do usuário.

Quando devo implementar?

  • Você mantém o conteúdo principal em um único idioma e traduz somente o modelo, como a navegação e o rodapé. Páginas que apresentam conteúdo gerado pelo usuário, como os fóruns, geralmente fazem isso.
  • Seu conteúdo apresenta pequenas variações regionais com tema semelhante em um único idioma. Por exemplo, você pode apresentar um conteúdo em inglês segmentado para os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a Irlanda.
  • O conteúdo do seu site é completamente traduzido. Por exemplo, você tem as versões em alemão e inglês de cada página.

Aplicando a Hreflang

 do HTML de http://www.example.com/, adicione um elemento de link que direcione para a versão em espanhol da página em http://es.example.com/, da seguinte maneira:

  • Elemento do link HTML no cabeçalho.
    Na seção  do HTML de http://www.example.com/, adicione um elemento de link que direcione para a versão em espanhol da página em http://es.example.com/, da seguinte maneira:

  • Cabeçalho de HTTP. 
    Se você publicar arquivos não HTML, como PDFs, use um cabeçalho HTTP para indicar uma versão em um idioma diferente de um URL:
    Link: ; rel="alternate"; hreflang="es" 

    Para especificar vários valores hreflang em um cabeçalho de HTTP de link, separe-os com vírgulas, desta maneira:
    Link: ; rel="alternate"; hreflang="es",; rel="alternate"; hreflang="de"

  • Sitemap.
    Não se esqueça de enviar as informações sobre a versão dos idiomas em um sitemap.

Vale ressaltar que caso seu site possua diversos idiomas, você deve listar todos os idiomas, incluindo o idioma respectivo da página. Por exemplo imagine que seu site ofereça seu conteúdo em português, inglês e espanhol todas as versões devem apresentar as mesmas referências incluindo elas mesmas, ou seja a versão espanhol deve listar português, inglês e ela mesma.

Erros comuns

Importante: lembre-se de que o valor de hreflang fornecido precisa ser válido. Tenha cuidado especial em relação aos dois erros mais comuns:

  • Links de confirmação ausentes
    Se a página A for vinculada à página B, será necessário que a página B seja vinculada de volta à página A. Se não for o caso de todas as páginas que usam as anotações hreflang, essas anotações poderão ser ignoradas ou não interpretadas corretamente
     
  • Códigos de idioma incorretos
    Lembre-se de que todos os códigos de idioma que você usa precisam identificar o idioma (no formato ISO 639-1) e opcionalmente a região (no formato ISO 3166-1 Alfa 2) de um URL alternativo. Especificar somente a região não é válido.