A palavra-chave para o marketing hoje é a segmentação. Não é preciso mais divulgar para um grande número de pessoas e esperar que atinja uma quantidade considerável, pelo contrário, hoje essa estratégia é considerada ineficaz.

É claro que, isso mudou por conta da chegada da era digital, no qual, o consumidor não adquire mais conhecimento dos produtos de forma passiva. Hoje ele dita as regras, diz onde quer estar e o que quer consumir. Por isso, o papel do profissional de marketing hoje é saber onde procurá-lo.

Portanto, elaborar campanhas atrativas e engenhosas não é mais o suficiente. Boa parte da energia dispensada nas estratégias de marketing deve ser direcionada à pesquisa do público-alvo, pois, quanto mais segmentado, mais o consumidor em questão irá se identificar e procurar o seu site.

Além disso, é comum ter mais de um público e, por conseguinte, estratégias direcionadas a cada um deles. Por isso, costumamos dizer que, na era digital, o público está dividido em comunidades, cada uma delas com características específicas. Confira:

Fãs

A era digital colabora para que existam fãs de determinadas marcas, principalmente, aquelas que tem forte presença nas redes sociais e interagem com os internautas, como se tivessem uma personalidade própria. Um exemplo disso, é a Netflix, a admiração é tão grande que mesmo quem não tem conta é fã da marca.

Consumidores

São pessoas que compraram com a marca pelo menos uma vez. Elas podem ter gostado ou não do produto, mas abrem uma boa oportunidade para campanhas de fidelização.

Influenciadores

Mais uma comunidade que é fruto da era digital. Eles são pessoas comuns que produzem conteúdo na internet e conquistaram milhões de seguidores. Por terem uma linguagem bem próxima com os seguidores, conquistá-los para que repassem a mensagem para o seu público é uma boa alternativa.  

Funcionários

Também conhecidos como clientes internos, os funcionários são os primeiros que devem ser conquistados. Por isso, as estratégias de endomarketing ganham cada vez mais espaço nas empresas, com palestras, treinamentos, sorteios e campanhas para fortificar os pontos fortes da organização e dar mais satisfação para aqueles que venderão a sua empresa para o mercado.

Empresas parceiras e fornecedores

Para um negócio ter sucesso, ele precisa oferecer produtos de qualidade. E para isso acontecer, é preciso contar com os melhores fornecedores e parceiros que, oferecerão matéria-prima de primeira e respeitarão os prazos de entrega.

Mídia

As grandes mídias não podem ficar de lado. Eles são responsáveis pela opinião pública geral e, muitas vezes ajudam a revolver conflitos através das mensagens em massa. Por isso, é sempre recomendável ter um assessoria de imprensa para cuidar da credibilidade da empresa.

Gostou das dicas? Elabore as suas estratégias de forma mais segmentada e traga mais sucesso para o seu negócio!